Beach clubs de Itajaí e Balneário Camboriú se preparam para o verão

ydraPequenas reformas e até mudanças completas de conceito. Os beach clubs de Itajaí e Balneário Camboriú investiram fora de temporada para colher os frutos a partir dos próximos meses, e quem estiver por aqui neste verão poderá se surpreender. Da culinária internacional ao mobiliário novinho em folha, as direções das casas prometem fazer bonito para tornar a região uma concorrente à altura de Jurerê Internacional, em Florianópolis.

Três casas da Praia Brava, em Itajaí, mudaram de nome para este verão: O Sky e o Deep Blue, no Canto Sul, viraram respectivamente Solem e Lounge 58; O Rakenne, no Canto Norte, foi arrendado e passa a se chamar Brava Day Club.

A reforma do agora Solem mudou completamente a cara do lugar. O local que antes era mais um restaurante na beira da praia ganha ares de parador classe A. A reabertura ocorre somente em fevereiro, mas a partir desta segunda-feira o clube começa o atendimento de praia e os frequentadores poderão experimentar um dos carros-chefe do local: a culinária. Um chef com formação na Irlanda será o responsável pelos pratos da culinária mediterrânea.

A mudança na nova estrutura contará com piscina, duchas e banheiros disponíveis para todos os frequentadores da praia, não apenas aos clientes. Mas a alteração de conceito está na música. Uma parceira com uma boate de Balneário Camboriú permitirá que o sertanejo e outros ritmos passem a compor o set do Solem, antes dominado pela e-music.

— O ambiente fica mais requintado, com foco na cozinha internacional, e não vamos correr para abrir porque nossa ideia é ficar aberto o ano todo e não somente no verão – explica um dos sócios, Naifer Neri.

Apesar de trabalhar no mesmo esquema de atendimento de praia e piscina, o Lounge 58 tem um foco diferenciado dos demais beach clubs da região. O estabelecimento investiu em uma estrutura menos sofisticada e mais democrática, com bistrô e sunset todos os dias a partir desta quinta-feira. A ideia é atender a públicos diversos, de jovens a famílias.

Um dos diferenciais do Lounge 58 é a licença que a casa conseguiu para realizar três festas diurnas na praia. Elas ainda não tem data pré-estabelecida mas devem ocorrer a partir do ano que vem.

O Rakenne, que estava praticamente aposentado das funções de beach club, reabre no próximo dia 28 com o nome de Brava Day Club e nova direção. A cozinha contemporânea será um dos destaques da casa, além de atrações de peso para agitar a cena deep house. Para a reabertura o mobiliário também foi repaginado.

Em Balneário Camboriú o Ydra, no Estaleiro, foi reformado para não espantar os clientes nos dias de chuva. Além de móveis novos, o empresário Bola Pilatti investiu em uma cobertura retrátil. O Ydra é uma das casas mais exclusiva da região, tanto que começou abrindo exclusivamente para convidados. A partir de quinta começa o atendimento de praia do Ydra e entre esta sexta-feira e 6 de janeiro a casa ficará aberta todos os dias.

Fonte: http://diariocatarinense.clicrbs.com.br – Marjorie Basso


FacebookGoogle+LinkedIn

Veja Também

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *