Estado de SC terá mais fiscais agropecuários

Estado terá mais fiscais agropecuáriosNos última dias, o esforço conjunto de lideranças do Estado para garantir mais fiscais agropecuários nos portos catarinenses deu resultado. Uma reunião no dia 21, do presidente do Sistema Fiesc, Glauco José Côrte, e de lideranças dos portos com o ministro da Agricultura (Mapa), Antonio Andrade, e a ministra da Secretaria de Relações Institucionais, Ideli Salvatti, resultou em ações emergenciais e de médio prazo. Nos próximos dias, serão deslocados fiscais de outras regiões para atuar em SC; será criada uma estrutura de fiscalização do Mapa no Porto de Itapoá e a presidente Dilma Rousseff deve assinar um decreto que amplia as atribuições dos técnicos da pasta, que poderão exercer funções de fiscalização. No médio prazo, será realizado concurso público nacional para a contratação de mais fiscais. O edital já foi publicado no Diário Oficial da União e as provas serão em maio. Serão abertas 796 vagas com salários de até R$ 12,5 mil. Além da Fiesc, participaram da reunião líderes do Complexo Portuário de Itajaí e dos portos de Itapoá e São Francisco do Sul.

Espera de até 20 dias
O empresário Glauco Côrte manifestou aos ministros preocupação com os atrasos nas liberações de cargas. Segundo ele, há casos de demora de até 20 dias para autorizar o desembarque de insumos importados, fundamentais para o agronegócio.

Liderança destacada
A pressão catarinense para ter mais fiscais agropecuários nos portos faz sentido. Os terminais do Estado movimentam cerca de 80% das exportações frigorificadas do país. Também há uma demanda crescente de importações de insumos, até para medicamentos feitos em SC.

Fonte: http://www.clicrbs.com.br (Estela Benetti)


FacebookGoogle+LinkedIn

Veja Também

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *