Grupo Pereira, nascido em Itajaí, projeta receita de R$ 4 bilhões

O Grupo Pereira, que nasceu a partir de um pequeno comércio em Itajaí, fundado pelo casal Ignácio e Hiltrudes Pereira em 1962, avança em SC e no país nos ramos de supermercado e atacado, com as bandeiras Comper, Fort Atacadista e Bate Forte. Dia 5 de fevereiro inaugura unidade do Fort Atacadista na SC-401, em Florianópolis. O vice-presidente de Patrimônio e Expansão, Manoel Pereira, revela que o grupo chegará este ano a 61 lojas em cinco estados, com receita anualizada de R$ 4 bilhões.

A Ilha de SC vai ganhar loja da bandeira Fort Atacadista, do grupo, dia 5. De quanto será o investimento?

Manoel Pereira – Será a sétima loja do grupo na Grande Florianópolis compreendendo as bandeiras Fort Atacadista e Comper. Nesta unidade (situada na SC- 401, próxima do posto desativado do pedágio) foram investidos cerca de R$ 25 milhões. A loja vai oferecer 9 mil itens. Está abrindo 150 empregos diretos e 80 indiretos.

Quando o grupo foi fundado e quantas bandeiras de supermercados e lojas tem atualmente no Brasil?

Manoel – O grupo foi fundado pelos meus pais, Ignácio e Hiltrudes Pereira, em 1962, em Itajaí. Atualmente, atua em três canais de comércio: no varejo, com a bandeira Comper, no atacarejo, com o Fort Atacadista, e no atacado e distribuição, com a bandeira Bate Forte. Estamos em cinco estados: SC, São Paulo, Mato Grosso do Sul, Mato Grosso e Goiás, mais o Distrito Federal. Temos 14 lojas do Fort Atacadista, 34 lojas Comper e 3 atacados Bate Forte.

Quais são os planos de expansão?

Manoel – Nosso plano de crescimento para este ano é muito agressivo. Em 5 de fevereiro, no mesmo dia e horário em que iremos inaugurar a loja Fort Atacadista em Florianópolis, também estaremos inaugurando mais uma loja Comper em Planaltina, no Distrito Federal. Em maio inauguraremos mais uma em Cuiabá. Para este ano teremos mais 4 lojas Fort Atacadista e 5 Comper. No canal atacado abriremos filial no interior de São Paulo. Com mais essas unidades em funcionamento teremos um faturamento anualizado de R$ 4 bilhões.

Grupo Pereira, nascido em Itajaí, projeta receita de 4 bilhões-

Quantas novas lojas serão em SC?

Manoel – Das lojas que iremos abrir este ano, cinco serão em Santa Catarina, entre as bandeiras do canal varejo e atacarejo. Com essa expansão, vamos fechar o ano com 61 lojas de todas as bandeiras.

Quando o grupo pretende investir em outros estados?

Manoel – Nossos planos são de crescimento nos estados onde já atuamos, mas nada impede de aproveitar alguma oportunidade que possa aparecer em algum outro estado. Queremos consolidar nossa liderança no Mato Grosso do Sul e Mato Grosso com a bandeira Comper, e em Santa Catarina no atacarejo, com a bandeira Fort Atacadista.

Que diferenciais impulsionam o sucesso do Grupo Pereira?

Manoel – Somos uma empresa muito enxuta, temos como valores o trabalho, a transparência e muita dedicação no que fazemos. Temos uma gestão com baixo custo, bons sistemas e uma equipe dedicada. Gente é o fator mais importante; damos muito valor à nossa equipe, que é composta por mais de 9 mil colaboradores.

Quem são os sócios do grupo e quantos atuam na empresa?

Manoel – Somos em 7 irmãos e seis trabalham na empresa. Não posso deixar de citar a nossa mãe, Hiltrudes, que, com 83 anos, ainda faz visitas à loja quase que diariamente. Para nós, é um exemplo extraordinário.

A inflação afeta muito as vendas?

Manoel – A inflação afeta o poder de consumo das famílias. As pessoas passam a poupar mais e ficam mais cautelosas. Mas no segmento de produtos de consumo diário em que atuamos não temos grandes oscilações.

Fonte: http://www.clicrbs.com.br (Estela Benneti)

Edit: 04/02/2014

Fort Atacadista inaugura a primeira loja na Ilha de SC

O primeiro atacarejo da Ilha de SC, o Fort Atacadista, do Grupo Pereira, foi inaugurado ontem na SC-401, altura da praça de pedágio. A matriarca Hiltrudes Pereira, fundadora da empresa, descerrou a fita ao lado do governador Raimundo Colombo, o vice-presidente de expansão, Manoel Pereira, o prefeito de Florianópolis Cesar Souza e outras autoridades. O presidente do grupo, Beto Pereira, diz que o consumidor consegue economia de até 15% no Fort Atacadista. Os lojistas têm preços ainda menores. O grupo projeta mais três lojas do atacarejo em SC este ano: em Balneário Camboriú, Itajaí e Palhoça.

Antes da inauguração da unidade, Dona Trude disse que estava especialmente feliz porque os consumidores de Florianópolis sempre prestigiaram a empresa. Quando ela atuava no armazém pioneiro, na Rua Brusque, de Itajaí, famosa por seus atacados de alimentos, os florianopolitanos sempre pesquisavam preços e compravam na empresa. Além de preço mais baixo e do acolhedor atendimento com sorrisos, ela rezava para a Nossa Senhora Auxiliadora e Dom Bosco. A propósito, todas as lojas do grupo são abertas com a bênção de um padre, discursos, papel picado e banda. Hoje, no mesmo horário da inauguração em SC, o sócio João Pereira abriu outro Fort Atacadista em Brasília. A música, lá, ficou por conta de apresentação de coral dos funcionários do grupo.

Fonte: http://www.clicrbs.com.br (Estela Benneti)


FacebookGoogle+LinkedIn

Veja Também

2 Responses

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *