Novo Hotel Blue Tree Towers em Itajaí

Novo Hotel Blue Tree Towers em ItajaíJá anunciado em meados de 2013, a Blue Tree Hotels firmou parceria com a Cota Empreendimentos Imobiliários para a administração de um hotel na cidade de Itajaí. A unidade, que ficará localizada na região central, tem previsão de inauguração em 2015. Sob a categoria Towers (quatro estrelas), o hotel contará com 200 apartamentos, área de lazer composta por piscina, sauna e fitness center e centro de convenções para eventos corporativos e sociais.

“Estamos muito satisfeitos com esse novo empreendimento, que está alinhado à estratégia de crescimento sustentável da Blue Tree. Itajaí está entre os destinos mais promissores do Brasil e representa uma importante oportunidade de reafirmarmos a nossa presença na região em que o hotel ficará localizado”, explica a presidente da Blue Tree Hotels, Chieko Aoki.

Itajaí tem o segundo melhor produto interno bruto (PIB) do Estado. O porto da cidade gera a segunda maior movimentação de contêineres do País e movimenta grande parte da economia da região. O município conta, também, com uma sede da Petrobrás, e expande anualmente seus polos industriais e comerciais.

No mesmo Estado, a rede hoteleira já administra o Blue Tree Towers Florianópolis e o Blue Tree Towers Joinville, e inicia operações do Blue Tree Park Termas do Tabuleiro no primeiro semestre de 2014.

Blue Tree pretende dobrar capacidade

Com quinze  anos de atuação, a rede hoteleira Blue Tree Hotels, comandada por Chieko Aoki, deverá dobrar a operação brasileira até 2017. Hoje, a empresa conta com 23 empreendimentos hoteleiros e a perspectiva é de 32 inaugurações em cinco anos, somando 55  hotéis com a bandeira.

Para a expansão do grupo, Chieko aposta nas chamadas cidades secundárias – com até 100 mil habitantes. ”Hoje, temos 23 hotéis administrados pela rede, em 18 cidades. Entre 2014 e 2016 serão lançados 10 novos empreendimentos”, explicou a fundadora da empresa, ao lembrar que, com a estrutura atual, a rede conta com 4.677 apartamentos.

Para este ano, a perspectiva da empresa é de um incremento de 30% no faturamento do grupo. Em 2012, o ganho bruto foi de  R$ 325,5 milhões. Na opinião da empresária, 2014 será um ano importante para a hotelaria brasileira, e a chegada da Copa do Mundo poderá  melhorar este mercado. “O objetivo não é focar apenas hotéis nas cidades-sedes da Copa, mas aproveitar a expansão e visibilidade que este mercado ganhará nos próximos anos em função do megaevento esportivo”, disse.

Chieko-Aoki-presidente-da-rede-Blue-Tree-HotelsA executiva, que é japonesa naturalizada brasileira, acredita que o incremento para o setor esteja ligado diretamente ao  desempenho econômico brasileiro. “O governo nos ajuda com infraestrutura para que as operações ganhem força e atraiam clientes. Nós ajudamos a economia com fomento do mercado de trabalho e expansão da operação”, afirmou Chieko.

Apesar de ambicioso, Chieko garante que o objetivo da empresa não é apostar em um crescimento desmesurado.  Entre as apostas para localização dos próximos hotéis, a executiva destaca regiões como o Norte e o Nordeste. “Estamos negociando um novo hotel em Pernambuco. A região Norte também surge com grande potencial de crescimento”, explica.

A rede, que conta com três bandeiras voltadas para públicos diferentes – o Blue Tree Park: hotéis e resorts padrão cinco estrelas; Blue Tree Premium: hotéis quatro estrelas com serviços cinco estrelas; e o Blue Tree Towers: hotéis padrão quatro estrelas – prevê lançamentos em regiões como Rio de Janeiro e Brasília.

Das novas operações, serão duas unidades em Santa Catarina, o Blue Tree Park Termas do Tabuleiro e o Blue Tree Towers Itajaí; cinco operações novas em São Paulo, sendo: Blue Tree Premium Alphaville, Blue Tree Towers São Carlos, Blue Tree Towers Valinhos, Blue Tree Towers Votorantim, Blue Tree Premium Ribeirão Preto, e o Blue Tree Towers Bauru.  Além dessas unidades,  serão inaugurados o Blue Tree Premium Nexus Macaé, no Rio de Janeiro, e o  Blue Tree Premium Pampulha, em Belo Horizonte (MG).

Quanto o assunto é o perfil do cliente que se hospeda na rede,  Chieko  sinaliza um mercado em expansão: o de turismo de negócios. Segundo a empresária, os 23 empreendimentos têm foco voltado ao empresário, e as acomodações e serviços são pensados para atender a esse modelo de cliente. “Fazemos hotéis com perfil corporativo, mas queremos incluir o empreendimento no cotidiano da cidade na qual está localizado”, disse.

O ano passado também foi marcado pela entrega de novas unidades. Em abril foi inaugurado o Blue Tree Premium Congonhas, com 528 apartamentos. Em agosto foi a vez do Blue Tree Park Búzios Beach Resort, com 335 quartos, e, em outubro, do Blue Tree Towers Rio Verde, com 156 quartos, em Goiás.

Desbancando nomes como Accor e Hilton, a Blue Tree levou, pelo segundo ano consecutivo, o Prêmio DCI – Empresas Mais Admiradas, no quesito Hotéis & Turismo/Feiras & Eventos na edição de 2013. Segundo Chieko, a conquista do prêmio corrobora as apostas certas realizadas pelo grupo. “Nosso diferencial, acredito eu, seja o cuidado com o crescimento, aliado a uma filosofia de receptividade e bom atendimento ao cliente”, avaliou.

Outro ponto de destaque lembrado por Chieko refere-se ao treinamento dos profissionais na rede que, entre outras atividades, participam de laboratórios — computados como hora de trabalho — para melhorar os serviços prestados. “No nosso primeiro ano de laboratório somamos mais de 55 mil horas de trabalho”, contou ela.

Fontes: http://www.dci.com.br (Paula Cristina) e http://www.bluetree.com.br


FacebookGoogle+LinkedIn

Veja Também

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *