Itajaí ultrapassa Joinville como o município mais rico de SC

Itajaí confirma a tendência e ultrapassa Joinville como o maior Produto Interno Bruto (PIB) de Santa Catarina e o 29º lugar no ranking das maiores economias do país. A informação é do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), que divulgou na manhã do dia 11 de dezembro o Balanço Geral do PIB dos Municípios Brasileiros do ano de 2012. De acordo com os dados, o Produto Interno Bruto da cidade totalizou R$ 19.754.199.00,00 (Dezenove bilhões, Setecentos e Cinquenta e Quatro milhões, Cento e Noventa e Nove mil Reais), superando Joinville, que até o balanço de 2011, liderava o ranking catarinense. No documento divulgado, Joinville foi apresentada com um PIB de R$ 18.299.283.000,00 (Dezoito bilhões, Duzentos e Noventa e Nove milhões, Duzentos e Oitenta e Três mil Reais), ficando em 31º lugar no índice nacional.

PIB 2012 (em bilhões)

PIB 2012 (em bilhões)

Além de Itajaí e Joinville, o estado de Santa Catarina tem ainda outras três cidades na lista dos 100 maiores do Brasil em 2012: Florianópolis, na 48ª posição, Blumenau, em 60º, e Jaraguá do Sul, com o 93º lugar. Ainda de acordo com os números, na avaliação regional, Itajaí tem o terceiro maior PIB do Sul do Brasil, atrás apenas de Curitiba e Porto Alegre.

Já em relação ao PIB Per Capita, quando o Produto Interno Bruto é dividido pelo número de habitantes da localidade, Itajaí apresenta média de R$ 104.635,28; esse valor dá ao município o 27º lugar no ranking nacional e a segunda colocação no estado, ficando atrás apenas de São Francisco do Sul, que tem PIB per capita no valor de R$ 115.032,69. No relatório do IBGE de 2011, a média salarial anual na cidade de Itajaí era de R$ 99.923,47. “O crescimento da renda per capita significa que o itajaiense está ganhando mais”, comemora o Prefeito Jandir Bellini.

Para ele, a chegada de Itajaí ao primeiro lugar do PIB em Santa Catarina e entre os 30 maiores índices do país é resultado de importantes fatores: a localização geográfica estratégica da cidade no estado e na Região Sul do Brasil, a infraestrutura, que garante ligação do município com o mundo por mar, terra e ar (graças à proximidade do aeroporto da vizinha Navegantes) e à diversificação e ampliação do mix de empresas que se instalaram no município nos últimos anos.

Dados da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Emprego e Renda apontam que, em 2010, havia 1.956 empresas formalmente abertas em Itajaí. Em 2013, este número subiu para 2.965. “São empresas das áreas de alimentos, construção naval, prestação de serviços, além do forte crescimento na construção civil”, destaca o Prefeito.

E a perspectiva é que estes números cresçam ainda mais, pois, como os dados oficiais do IBGE são referentes há dois anos, as empresas que se instalaram em Itajaí mais recentemente, ao entrarem em plena atividade, vão passar a contribuir para o aumento na movimentação econômica da cidade. “Uma economia forte, ao crescer, gera mais emprego, mais salário; é ganho para toda a comunidade”, finaliza Jandir Bellini.

Fontes: http://www.itajai.sc.gov.brhttp://www.ibge.gov.br


FacebookGoogle+LinkedIn

Veja Também

1 Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *