LOGZ Logística Brasil investirá 600 milhões em novo terminal de grãos no Porto de São Francisco do Sul

LOGZ Logística Brasil investirá 600 milhões em construção de novo terminal de grãos no Porto de São Francisco do SulA Secretaria Especial de Portos da Presidência da República liberou, em ato de assinatura no dia 11 de setembro, em Brasília, a construção pela iniciativa privada do novo terminal de granéis (TGSC) ao lado do porto público de São Francisco do Sul. Ao todo, serão R$ 600 milhões em investimentos na estrutura, que terá capacidade de movimentar anualmente 10,5 milhões de toneladas e armazenar até 275 mil toneladas de grãos (milho e soja) para a exportação. “A solução para o desenvolvimento do país está nesta fórmula: Estados e Governo Federal trabalhando em conjunto com a iniciativa privada. Este é um momento importantíssimo para a economia catarinense”, salientou o governador em exercício, Nelson Schaefer Martins, presente no ato.

A previsão é de que as obras possam começar em um mês, logo após a publicação do decreto de utilidade pública assinado pela presidente Dilma Rousseff e da expedição da licença ambiental de instalação pelo Instituto do Meio Ambiente (Ibama). Já o prazo máximo para conclusão dos trabalhos é de 24 meses. “Vamos contribuir com o que estiver ao nosso alcance para melhorar a infraestrutura logística de Santa Catarina, vencendo a burocracia com rapidez e destravando os investimentos”, expressou o ministro da Secretaria de Portos, César Borges.

Projeto

O projeto do TGSC é um investimento da LogZ, Litoral Agência Marítima e do grupo chinês Hopeful. Visa à construção de dois berços, totalizando 453 metros de cais, com calado natural de 14 metros. O berço externo contempla quatro torres fixas tipo Pescantes para a exportação, enquanto o berço interno poderá fazer tanto exportação quanto importação através de dois ship loaders e um ship unloader. Além disso, o projeto contará com uma infraestrutura capaz de interligar o terminal com os armazéns vizinhos. Atualmente, o Porto de São Francisco do Sul responde por 11% das exportações nacionais de grãos, número que irá duplicar após o início da operação do novo terminal.

Na mesma ocasião, o ministro César Borges anunciou visita a Santa Catarina ainda em setembro para assinar a renovação da delegação dos Portos de São Francisco do Sul (mais 25 anos) e Imbituba (mais 23 anos) para o Governo do Estado, o que também permitirá mais investimentos nas estruturas.

Acompanharam o ato a secretária de Articulação Nacional, Lourdes Martini; o secretário de Infraestrutura, João Carlos Ecker; o procurador Geral do Estado, João dos Passos Martins Neto; o juiz assessor, Vitoraldo Bridi; o coordenador de assuntos estratégicos da Secretaria da Fazenda, Alex Santoro; o presidente do Porto de São Francisco do Sul, Paulo Corsi; representantes das empresas investidoras, da Agência Nacional de Transportes Aquaviários (Antaq), da Secretaria Especial de Portos e da Secretaria de Relações Institucionais da Presidência da República (SRI).

Fonte: http://www.sc.gov.br


FacebookGoogle+LinkedIn

Veja Também

1 Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *