Portonave bate recorde sul-americano de produtividade operacional

Portonave bate recorde sul-americano de produtividade operacional - MSC AgrigentoA Portonave atingiu a marca de 270,4 movimentos por hora (mph) na movimentação de contêineres no navio MSC Agrigento, tendo batido o recorde sul-americano de produtividade. A operação do navio ocorreu na madrugada de sábado, dia 18, e foram usados seis guindastes do tipo portêiner na atividade. Ao todo, foram realizados 2.064 movimentos em 7h38 de trabalho, com média de 45 movimentos por guindaste. O feito aconteceu na semana em que o Terminal completa sete anos de operação.

A produtividade, medida em mph, é um dos principais indicadores de eficiência operacional em terminais portuários. Nesta ação, cada embarque e desembarque de um contêiner é contado como um movimento, assim como a colocação e a retirada das tampas dos porões dos navios.

Segundo o diretor-superintendente operacional da Portonave, Renê Duarte, este recorde faz parte de um processo de melhoria contínua de produtividade da companhia e do trabalho competente da equipe. “Investimos em equipamentos, em treinamento e qualificação dos nossos colaboradores, e isto traz como consequência a produtividade. Ficamos orgulhosos de nossa equipe e felizes de poder celebrar 7 anos de operação com esta marca tão expressiva”, comenta Duarte.

O navio MSC Agrigento tem capacidade de transportar aproximadamente 9.000 TEUS (unidade de medida equivalente a um contêiner de 20 pés) e faz parte do serviço Ipanema, com escalas semanais entre a América do Sul e o Extremo Oriente, do armador suíço Mediterranean Shipping Company – MSC.

Aniversário de operação

Em 21 de outubro de 2007 atracou no Terminal o navio MSC Uruguay, registrando o início da movimentação de contêineres. Desde então, a companhia movimentou mais de 3,6 milhões de TEUs e recebeu mais de 3,6 mil escalas de navios. Hoje, a Portonave emprega diretamente mais de 1.000 pessoas. “A Portonave cresceu muito nestes sete anos e isso é resultado do trabalho e dedicação de todos os colaboradores e dos investimentos que a empresa fez em equipamentos e infraestrutura. Tudo isso se reflete no destaque do Complexo Portuário de Itajaí e Navegantes no cenário nacional. Certamente vamos continuar trabalhando para ajudar no desenvolvimento de Navegantes e região”, comenta o diretor-superintendente administrativo, Osmari de Castilho Ribas.

Entre janeiro e setembro de 2014 a Portonave movimentou 524.629 TEUs. O Terminal responde por 44% de toda carga conteinerizada operada pelos portos de Santa Catarina.

Fonte: http://www.portonave.com.br


FacebookGoogle+LinkedIn

Veja Também

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *