Portonave inicia obra da segunda fase e vai dobrar capacidade estática do pátio

Terminal de conteiners Portonave - Navegantes/SCConsolidada como a maior movimentadora de cargas conteinerizadas de Santa Catarina, responsável por 45% da participação de mercado do Estado, a Portonave deu início neste mês de junho às obras da segunda fase do Terminal Portuário de Navegantes. Esta etapa na infraestrutura do Terminal faz parte do planejamento da Companhia desde a sua fundação. Com a obra, a empresa praticamente dobrará a capacidade estática do pátio de 15 mil para 30 mil TEUs (unidade de medida equivalente a um contêiner de 20 pés).

A área a ser ampliada fica no lado direito do Terminal. O pátio, que tem hoje 270 mil m², passará para cerca de 400 mil m². A obra tem prazo de até 15 meses para a conclusão. O valor de investimentos no projeto é de aproximadamente R$ 120 milhões.

Com a expansão, a Portonave ganhará mais 810 tomadas para contêineres reefers – utilizados para cargas congeladas e refrigeradas. Somadas com as 1.890 tomadas já existentes, a capacidade do Terminal será de 2.700 contêineres refrigerados, que é um importante diferencial, tendo em vista que a carga congelada, principalmente frango, representa cerca de 50% da movimentação da empresa, no sentido da exportação. Além disso, também será feito investimento em uma nova subestação de energia, com capacidade para 10 MVA (Megavolt Ampére: unidade equivalente a 1 milhão de volts ampére), o que é mais do que suficiente para atender toda a demanda do Terminal.

Ainda nesta etapa, a Portonave ampliará o Armazém para a inspeção de cargas e a área de DTA – Despacho de Trânsito Aduaneiro. O Armazém e a área de DTA passarão de 2 mil m² para 3.900 m².

Investimento em novos equipamentos portuários

Para atender a esta nova fase e à demanda crescente de movimentação de cargas no Terminal, a Portonave também investe em equipamentos. No ano passado, adquiriu três portêineres e cinco transtêineres. Assim, a empresa soma seis portêineres, que são os principais equipamentos para operação de carga e descarga dos navios, e 18 transtêineres, responsáveis pela movimentação dos contêineres na retroárea. Este mês, a empresa comprou 15 carretas do tipo Terminal Tractor (TT) e 25 semirreboques – pranchas móveis para sustentar o contêiner durante o transporte da carreta. Com os novos equipamentos a empresa ficará com 39 TTs e 54 semirreboques. O Terminal de Navegantes está consolidado como o mais bem equipado de Santa Catarina.

Fonte: http://www.portonave.com.br


FacebookGoogle+LinkedIn

Veja Também

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *